Escolha uma Página

FASE lança segundo edital “Mais vida, menos petróleo”

As propostas devem ser inscritas no eixo “O complexo petroleiro no Espírito Santo e as mulheres” e enviadas até o dia 28 de agosto


Serviço de Análise e Assessoria a Projetos (SAAP) e o programa da FASE no Espírito Santo lançam o segundo edital “Mais vida, menos Petróleo” com o objetivo de financiar pequenos projetos de coletivos, organizações e movimentos de mulheres no Espírito Santo (ES) que, mesmo diante de poderosas corporações petrolíferas, se desafiam e não recuam frente ao compromisso histórico que assumiram na defesa dos direitos da população e da justiça ambiental.

Encontro sobre gênero. (Foto: Flavia Bernardes / FASE ES)

O ES é o segundo maior produtor de petróleo do Brasil, com campos petrolíferos tanto em terra quanto em mar. Também é o segundo estado em índices de violências contra as mulheres. Se por um lado se intensifica um conjunto de antigas e novas violações a partir do complexo petroleiro frente às populações rurais, pesqueiras e urbanas de modo geral, por outro se observa impactos específicos em relação às mulheres por parte do patriarcado petroleiro.

A chegada de milhares de trabalhadores e milícias que assediam, violentam e reprimem as mulheres em seus territórios provocando inclusive vários casos de gravidez na adolescência, o aumento das doenças sexualmente transmissíveis e do consumo de drogas, além da pressão sob os equipamentos públicos como escolas, hospitais, vias públicas, saneamento, a perda das condições produtivas seja no pescado, na agricultura ou mesmo as raras e precárias ofertas de empregos para as mulheres, o não reconhecimento do trabalho das mulheres, o empobrecimento das mulheres, entre tantas outras violações de direitos, demonstram as profundas desigualdades de gênero deste modelo explorador e excludente. Por sua vez, acreditamos que as mulheres têm uma capacidade incrível de dizer não e criar formas de resistências a este modelo opressor.

Nesse sentido e diante de uma expansão deste modelo de desenvolvimento cada vez mais violento. Este segundo edital visa apoiar iniciativas de organizações de mulheres e tem como perspectiva final contribuir para que os grupos, coletivos e movimentos de mulheres em conflito com o complexo petroleiro no estado se fortaleçam como sujeitos políticos. As propostas devem ser inscritas no eixo “O complexo petroleiro no Espírito Santo e as mulheres” até o dia 28 de agosto.

Edital anterior

Na primeira etapa deste edital o objetivo era fortalecer e reconhecer como sujeitos políticos os grupos populares, formais e informais, em conflito com o complexo petroleiro no ES através de quatro eixos: o complexo petroleiro no Espírito Santo e as mulheres; o complexo petroleiro no Espírito Santo e os territórios de pesca artesanal; o complexo petroleiro no Espírito Santo e os povos tradicionais e; o complexo petroleiro no Espírito Santo e a Região Metropolitana. Dos vinte projetos inscritos, quinze foram selecionados.

Siga os passos a seguir para acessar todas as informações:

1 – Leia atentamente o edital antes de encaminhar sua proposta;

2 – Acesse e elabore sua proposta de acordo com o Guia de Elaboração de Projetos; e

3 – Inscreva-se pelo no formulário e envie sua proposta para edital@fase.org.br

 

 

%d blogueiros gostam disto: